No decorrer da semana passada, enquanto ia vendo as redes sociais, parei no perfil de uma atleta de rubgy do Sporting Clube de Portugal e fiquei encantada ao ver a sua dedicação ao rugby, ao clube e à selecção nacional. Fiquei fã!

 

Então e quem é a Ladyfreeire? Ana Freire de Oliveira Casas.

 

A Campeã Nacional, nasceu em Espanha, Badajoz, tem 24 anos de idade, é internacional Portuguesa, licenciada em publicidade, marketing e relações públicas e, o rugby é a sua grande paixão: “Disciplina, constancia y confianza. El que resiste, gana” é uma das suas frases!

 

 

Como surgiu o râguebi na vida da Ana Freire?  

A Ana é filha de pai português que foi, jogador de rugby e capitão da selecção nacional. Sempre ambicionou ser como o pai, um profissional com muita garra, disciplina e dedicação.

 

Cresceu com uma bola de râguebi por de baixo do braço, viveu de perto a modalidade, sentiu que era um desporto diferente dos outros, uma cultura diferente, algo de muito especial. Herdou este amor do seu Ídolo, o seu pai – Luis Oliveira.

 

Chega a Lisboa em 2016 para continuar os estudos, com a condição imposta de cumprir o sonho de jogar rugby. Termina o curso com distinção a fazer o que ama e a representar o Sporting Clube de Portugal.

Logo na época de estreia de Leão ao peito, fez parte da primeira equipa feminina de rugby do clube a sagrar-se Campeã Nacional (Sevens) e a conquistar a Taça de Portugal.

Para a Ana, o rugby é sinónimo de união, família, força e resistência.

 

 

E o Sporting?

O Sporting conquista a Ana Freire e a Ana Freire é conquistada pelo Sporting!

Muito acarinhada pelas colegas de equipa, que a apelidam de “T-REX”, por ser forte e decidida, demonstra sempre muita garra em campo, é muito determinada e transmite muita segurança junto das colegas.

A nível desportivo tem tido momentos fantásticos de alegria e de conquistas constantes, desde Campeonatos Nacionais de Sevens, Supertaças de Portugal, Taças Ibéricas e até Campeonatos Nacionais da Divisão de Honra.

A Ana acompanha o desporto em geral e as modalidades, tem um gosto especial pelo futebol e é fã do nosso Capitão, Sebastian Coates.

Porque será? Esforço, dedicação, devoção e gloria!

 

 

Atualmente está lesionada e esperemos que quanto antes possa voltar à atividade e dar o seu contributo ao Sporting e à Selecção Nacional. Força Ana! Vais voltar ainda mais forte!

Obrigada por representares tão bem o Sporting Clube de Portugal!

Ser Sporting é ISTO…. Lutar pelos sonhos!

Gostantooooo da nossa Ladyfreeire!!